sábado, 23 de janeiro de 2010

Poesia para sonhar



Dorme enquanto eu velo...

Deixa-me sonhar...

Nada em mim é risonho.

Quero-te para sonho,

Não para te amar.

A tua carne calma

É fria em meu querer.

Os meus desejos são cansaços.

Nem quero ter nos braços

Meu sonho do teu ser.

Dorme, dorme. dorme,

Vaga em teu sorrir...

Sonho-te tão atento

Que o sonho é encantamento

E eu sonho sem sentir.


(Fernando Pessoa)

9 comentários:

  1. Mas só sonhar com a nossa musa é uma recompensa pequena, o bom quando nos entregamos a ela em meio a realidade.

    Fique com Deus, menino Leo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Encantador!
    Fernando Pessoa também disse:
    "Tenho em mim todos os sentimentos do mundo."
    Vou confessar que tenho sonhado com o 'poeta fingidor' todas as noites.
    Bons sonhos com a musa!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. O pouco que eu conheço de Fernando Pessoa acho maravilhoso. No meu perfil tem trechos de dois poemas dele que eu amo e acho que expressam tudo o que sou e o que quero dizer. Olha só:

    Tudo quanto penso,
    Tudo quanto sou
    É um deserto imenso
    Onde nem eu estou.
    Extensão parada
    Sem nada a estar ali,
    Areia peneirada
    Vou dar-lhe a ferroada
    Da vida que vivi.

    Eu amo tudo o que foi,
    Tudo o que já não é,
    A dor que já me não dói,
    A antiga e errônea fé,
    O ontem que dor deixou,
    O que deixou alegria
    Só porque foi, e voou
    E hoje é já outro dia.

    beijo rouge

    Dani

    ResponderExcluir
  4. Quantas coisas boas da cultura portuguesa herdamos
    Poder ler o poeta amadissimo em nossa lingua é comos se Ele fosse um pouco nosso também.


    Beijosss

    ResponderExcluir
  5. Fernando Pessoa, excelente escritor.
    Adoro suas poesias e esse aí é uma das mais lindas.
    Belíssima!

    Estou seguindo vc.
    Voltarei...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Visite o meu blog: www.valdecyalves.blogspot.com e leia poesia vencedora de concurso homenageando o Estado do Ceará, Brasil. intitulada: CANTO AO CEARÁ. Coletânea lançada em 21 de janeiro de 2010. A partir do meu blog pode acessar páginas de outras poesias de minha autoria e vários documentários postados em minha conta no youtube. Grato!

    ResponderExcluir
  7. entrando para conhecer algumas poesias de Fernando Pessoa

    ResponderExcluir
  8. POSSO CONTRIBUIR COM SEU BLOG? TENHO UM BLOG DE POESIAS: gilbertoescritor.blospot.com - SE PUDER PUBLICAR POESIAS MINHAS, TE MANDO ALGUMAS PARA VOCÊ ESCOLHER...

    ResponderExcluir
  9. adorável seu blog venha visitar o meu bjos

    ResponderExcluir